Fale conosco

(11)  2359-8976

(11) 983-890-330

Om Anpu

Rua Caçador de Esmeraldas, 122

Email 

​paulospada@omanpu.com.br

  • Facebook Long Shadow
  • Google+ Long Shadow
  • Flickr Long Shadow

Tarot

 

 

     O significado mais “fiel” da palavra “Tarot” vem da palavra Egípcia “Tarosh” sendo que TAR que significa "Caminho" e RO, ROSH e ROG (Vida Real) fazendo assim o Taro ser o "Caminho Real da Vida", mas a sua origem se oculta no tempo já que na India antiga a palavra Taru também representava um jogo de Cartas.

    No Ocidente o Tarot aparece em meados do século XII, se tornando muito popular no período do renascimento  como Jogo de cartas ou de adivinhação, ele é composto por 78 cartas que chamadas "ARCANOS", palavra que vem do latim "ARCANUM", que significa "mistérios, segredos a serem desvendados". Assim Arcanum é um mistério da vida cujo conhecimento é indispensável para se compreender um grupo determinado de fatos, leis ou princípios.

    Embora muitos estudiosos sugerirem que as cartas de Tarot foram adaptadas a partir das páginas do livro Egípcio de Thoth, o que parece ser autêntico em relação às cartas do Tarot é o fato de que os gnósticos, durante um período de perseguição, registraram os fundamentos de suas crenças em placas semelhantes às cartas de Arcanos Maiores do Tarot. Adeptos da Kabalah formalizaram os números e estabeleceram 22 alegorias para corresponder às 22 letras do alfabeto hebraico, afirmando que cada letra é em si um ser divino com poderes ocultos que interagem com o consulente.

     O Tarot é formado por 78 cartas, divididas em 22 Arcanos Maiores e 56 Arcanos Menores formados pelos quatro naipes - Copas, Ouros, Espadas e Paus, sendo que dos Arcanos Menores é que se originou o nosso baralho comum, com os seus naipes, Rainhas (Damas), Reis e Valetes. Dos Arcanos Maiores, o baralho moderno só herdou, curiosamente, a carta do Louco, chamada agora de Joker ou coringa.

 

    O mestre de cartas Paul Marteau traduziu na França em 1930, com grande rigor, toda a simbologia do Tarot de Marselha e fixou as tonalidades definitivas das cores que permanecem até hoje. Se a origem do Tarot continua a ser um mistério, então o seu extraordinário poder de adivinhação psicológico e espiritual continuam a ser marcas importantes no Tarot, sendo a sua influência vibratória  comparável a um tratado de psicologia com imagens.

    Surpreendentemente o Tarot permite comunicar, encontrar soluções e prevenir ajudando a aprender a aperfeiçoar o auto conhecimento e uma melhor compreensão dos outros.

    O Tarot não têm o poder de influenciar os acontecimentos, mas avisa-nos das influências que nos rodeiam para que, com conhecimento de causa e total “livre -arbítrio”, possamos decidir mais sabiamente o nosso futuro.

 

Cristina Arruda é taróloga atuante a mais de 20 anos e faz atendimentos e Cursos na Ordem Mística Anpu.