Fale conosco

(11)  2359-8976

(11) 983-890-330

Om Anpu

Rua Caçador de Esmeraldas, 122

Email 

​paulospada@omanpu.com.br

  • Facebook Long Shadow
  • Google+ Long Shadow
  • Flickr Long Shadow

A Merkabah

e as

Chaves de Enoch

    Enoch é um nome Hebraico חנוך que significa “homem” ou “humanidade”. Ele é tido como um patriarca Bíblico pré-diluviano e aparece na narrativa do Genesis (Bereshit) duas vezes, sendo que na primeira aparição bíblica ele é o terceiro depois de Adam pela via de Caim, que construiu a primeira cidade com o nome dele. Já na segunda, ele aparece como pai de Matusalém e avô de Noé e à ele é creditado no misticismo como sendo o arquiteto do Zion original , "a Ierusalém celestial de Yahweh".(gen 5:21 a 24).

 

    A segunda aparição na bíblia é o sétimo desde Adam pela via de Seth e, segundo o texto sagrado do Genesis, ele é arrebato e anda junto com D´us: “Andou Enoque com Deus, depois que gerou a Matusalém, trezentos anos; e gerou filhos e filhas. Todos os dias de Enoque foram trezentos e sessenta e cinco anos; Enoque andou com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus o tomou.” (Gn 5:22-24).

 

    Ainda na epistola de Judas aparece Enoch profetizando “Para estes também profetizou Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que veio o Senhor com os seus milhares de santos...” (Jd 1:14), com isto Judas cita o segundo capitulo do livro Etíope de Enoch, o exemplar mais antigo deste livro vem de 300 a.c., já em Qumram, no Mar Morto, foram encontrados na Gruta 4, sete importantes cópias que foram comparadas com a versão Etíope tendo similitude, mas com alguns pontos em discordancia como o livro astronômico ser mais longo na versão etíope (Copta).

    O gnosticismo primitivo o considerava um livro de revelações, sendo que na igreja ortodoxa Etiope ele faz parte do seu canon, já “o segundo livro de Enoch” como é conhecido, vem de uma versão grega , sendo também conhecido como “ O livro Eslavo de Enoch” tem duas versões: uma longa e outra curta (ou incompleta), entre ambos existem temas comuns como o arrebatamento de Enoch aos céus.

    Caminhando para tempos mais atuais aparecem o terceiro livro de enoch em versão hebraica chamada de Sepher Hekhalot ou o livro dos palácios representando uma coletânea dos livros anteriores com temas comuns aos outros como a queda dos anjos e a guerra nos céus. Enoch, em seu livro, ensina a respeito da pré-existência do homem e em segredo profetiza a vinda do Cristo, o Messias.

 

    Em tempos modernos John Dee e seu assistente Edward Kelley, no final do século XVI trazem uma linguagem chamada de angelical, pois ela teria sido passada pelos anjos e era a linguagem usada por Adam no Edem. Ele ainda cita que o último humano a falar esta linguagem fora Enoch, que de acordo com os anjos, teria escrito “os discursos de Deus”, livro que se perdera no dilúvio de Noé. Em mãos com este alfabeto, John Dee com ajuda de Kelley, montou o seu livro intitulado ‘’Loagaeth Liber’’ (Livro ou fala com Deus) que serviu para montagens de rituais magicos por Aleister Crowley e a ordem a qual fazia parte A Golden Dawn –“O amanhecer dourado”.

 

     Vindo nos tempos atuais, a busca por Enoch e seus ensinamentos, é “ressuscitada” por J.J.Hurtak que cita que ele foi levado e o conhecimento foi passado face a face com os seres da luz supraluminar, trazendo a tona “O livro do conhecimento: As Chaves de Enoch” com uma linguagem cientifico-espiritual passa a instrução de Enoch e de Metatron, para que possamos atingir a nossa auto-realização espiritual e adentrar nas dimensões da irmandade de luz, através de uma regenese proposta como um dna/rna com 64 combinações ou chaves.

 

     Reunindo os estudos realizados, buscando o contato direto através do veículo multidimensional ou carruagem da Merkabah e a sua geometria sagrada, que abrimos na sexta-feira 11 /01/2019. o espaço da Ordem Mistica Anpu para estudo e prática dos ensinamentos de Enoch, Melquisedeck e Metatron. Verifique a nossa programação e venha compartilhar conosco o desenvolvimento deste trabalho de luz. com o Moreh Denizard Rivail.

Fraternalmente

Paulo Spada

Om Anpu Om

   A Om Anpu recebera em Agosto Warza Denizard Rivail em Agosto ministrando o curso de Kaballah Hebraica Superior "A rRevolução do Ser"

     O desenvolvimento da consciência é um caminho individual, sinalizado com símbolos que servem para nos guiar a chegar a meta de cada ser, que é o Auto-conhecimento, através das experiências vividas em cada arcano a consciência vai sendo desenvolvida  

     Do hebraico Qabbalah, ‘tradição’, é um termo aplicado do séc. XII em diante, a um tratado ou estudo filosófico-religioso, que visa à decifração de um sentido secreto da Bíblia, a respeito da ciência única, que rege e faz a ligação entre a manifestação da vida nos sistema ou mundos inferiores, intermediários e superiores.

    As letras Hebraicas são portais para os Mundos Superiores abrem o caminho do plano Físico até o noso espiritual . 

    A Luz que é emitida deste alfabeto Sagrado purifica o nosso coração retirando os impulsos destrutivos de nossa natureza.

   Sua energia Divina transforma as emoções impetuosas e intolerantes retirando o medo e aclmando a ansiedade fazendo com que nos reconectemos com o nosso verdadeiro ser interior.

 

    O Shem Ha Mephortash ( o nome dividido) também conhecido como "Os 72 nomes de Deus" tem a sua origem em um codigo extraido da Tora, especificamente do livro do Shemot (Nomes em hebraico)  no ocidente também é conhecido como o livro do Exodo, dali se extraem os nomes das potencias angelicais que interagem com os seres humanos...